Conheça os tipos de faróis automotivos mais utilizados atualmente

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Quem dirige muito à noite ou percorre rodovias com frequência sabe que as condições de visibilidade nas vias brasileiras nem sempre são as melhores. É por isso que escolher um bom sistema de iluminação para o carro é essencial se você quer ter mais segurança e evitar imprevistos no trânsito.

No entanto, muitos motoristas acabam se confundindo e enfrentam dúvidas na hora de escolher qual é a lâmpada mais adequada.

Afinal, não são poucas as tecnologias disponíveis no mercado e cada uma conta com vantagens e desvantagens próprias que merecem ser analisadas com atenção.

Se esse é o seu caso, este post pode ser uma luz. Confira abaixo os tipos de faróis automotivos mais usados atualmente e escolha a opção certa para o seu veículo!

Halógenas

Lâmpadas mais usadas no mundo automotivo, as halógenas, ou incandescentes, emitem luz depois que um filamento metálico em seu interior é aquecido pela corrente elétrica do veículo, tendo uma tonalidade branca que chega próximo ao amarelo.

Ela é tão popular graças a seu excelente custo-benefício, já que tem um gasto baixo com produção e reposição e pode ser encontrada em diferentes opções com dimensões variadas. Além disso, os faróis de halogênio são menos ofuscantes que outras lâmpadas, não incomodando tanto os condutores que trafegam no sentido oposto da via.

Por outro lado, as halógenas têm uma vida útil curta, que chega a aproximadamente 1000 horas de duração e desperdiça muita energia do automóvel, pois a maior parte do calor gerado pelo aquecimento de seu filamento metálico não é aproveitado na iluminação. Em muitos casos, sua iluminação também pode não ser suficiente.

LED

Menor consumo de energia, alta durabilidade e feixes de luz de alto alcance. Essas são as principais vantagens das lâmpadas de LED (diodo emissor de luz), opções mais modernas disponíveis no mercado atualmente.

Cerca de 70% mais econômica que a halógena, a iluminação de LED tem uma cor mais azulada e brilhante, melhorando a visibilidade nas ruas. Outro diferencial é o fato de ser uma lâmpada menor e personalizável, podendo ser usada em diferentes estilos e não exigir adaptações elétricas ou no farol.

Como toda tecnologia tem um custo, o LED tem um preço mais alto do que as outras opções e requer uma estrutura bem reforçada ao redor das lâmpadas no veículo. Caso o sistema não venha de fábrica, sua instalação ainda é regulamentada pelo DETRAN.

Xenon

No caso da iluminação xenon, que usa gás xenônio para a emissão de luz (daí o seu nome), a principal vantagem é a luz de grande intensidade, que gera maior visibilidade lateral e à longa distância. Sua tonalidade pode ir desde o branco e o azul até o violeta, apresentando uma durabilidade menor que as lâmpadas de LED.

Como os faróis de xenon emitem uma luz tão intensa, é necessário contar com projetos técnicos que estejam de acordo com normas internacionais, para evitar a dispersão de luz no trânsito e não comprometer a segurança de outros motoristas.

Quem descumpre essa lei comete uma infração grave e pode ter que arcar com multa, perder pontos na carteira e ter o veículo retido.

Laser

Quando o assunto é tecnologia e inovação em faróis automotivos, os de laser vem em primeiro lugar. Isso porque essa opção tem uma iluminação até mil vezes maior e com o dobro de alcance que a lâmpada de LED, graças a um conversor fluorescente que transforma os feixes de laser em um único raio.

Por ter uma luz muito forte, essa iluminação é mais indicada para estradas em condições de baixa luminosidade.

Além disso, a principal desvantagem do laser é o fato de ser um farol extremamente caro e muito limitado no mercado atual, sendo necessária a instalação de dissipadores no carro para eliminar o grande calor gerado pelo sistema.

Como você viu até aqui, as opções de faróis automotivos são inúmeras e oferecem muitos pontos positivos, mas contam também com desvantagens que merecem atenção. O importante é usar sempre produtos originais e não se esquecer de verificar as questões técnicas de cada iluminação.

Gostou do post e quer conferir outras informações importantes para o seu carro? Assine a nossa newsletter e receba todas as nossas novidades por e-mail! 

Compartilhar

About Author

Compartilhe sua opinião com a gente, através dos comentários.

Share This