Excesso de peso em motos: quais são as principais consequências?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Ao dirigir uma motocicleta, muitos hábitos podem parecer inofensivos, mas acabam trazendo diversos prejuízos que você nem imagina. Afinal, basta apenas um pequeno descuido para que a estrutura do veículo seja afetada e sua segurança fique comprometida. Um desses descuidos é pilotar com excesso de peso em motos.

Muita gente não sabe, mas essa prática, além de ser proibida por lei, pode danificar seriamente a motocicleta e trazer um grande risco à vida dos motociclistas. Por isso, se você acha que é melhor carregar objetos grandes de uma só vez em vez de fazer mais de uma viagem ou procurar outro veículo para fazer o transporte, é hora de mudar seus hábitos.

No post de hoje você vai conhecer as principais consequências de dirigir com excesso de peso em motos e descobrir como identificar se o veículo está levando mais peso do que deveria. Acompanhe!

Quais são as consequências do excesso de peso?

Confira agora como essa prática é prejudicial, nos mais diversos aspectos.

Para a legislação

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), quem dirige uma motocicleta transportando uma carga incompatível está cometendo uma infração grave e pode ter que pagar uma multa de R$ 195,23, perder 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e ter a moto retida.

Além disso, é necessário fazer o transbordo da carga excedente, ou seja, o motorista que for pego carregando objetos de grandes proporções deverá acionar outro veículo para pegar a carga e poder seguir viagem.

Essa proibição não é exclusiva das motocicletas, mas vale para todos os outros tipos de veículos. Afinal, carros, caminhões e ônibus que estejam transportando grandes objetos também podem ser danificados e comprometer a segurança de todos no trânsito. O importante é ficar atento às delimitações específicas de cada veículo.

Para a motocicleta

Ao carregar um peso maior do que deveria, a moto acaba sofrendo muitos danos ao longo do tempo. Isso acontece porque as peças e os equipamentos do veículo, como pneus, freio, tração e suspensão, se desgastam mais rapidamente por estarem sobrecarregadas.

Em relação aos pneus, os riscos são ainda maiores se eles não estiverem com a calibragem correta. Com o peso, eles correm o risco de derrapar, tornando a frenagem ineficiente e instável.

Outra consequência dessa prática está relacionada ao consumo de combustível. Se um condutor está carregando peso e rodando a uma velocidade média de 40 km/h, por exemplo, a rotação por minuto será de cerca de 4000 rpm. Com isso, o motor será mais exigido, o que aumenta o envio de combustível para o sistema de injeção.

Para o trânsito

Além de reduzir a vida útil da moto, o excesso de peso ainda compromete a segurança do condutor e de outros motoristas. Ao dirigir uma moto com sobrepeso, o equilíbrio do motociclista é comprometido e crescem suas chances de perder o controle da direção, aumentando os riscos de acidentes.

E mais: se a carga ultrapassa as dimensões da moto, ela pode acabar atrapalhando a visibilidade de outros condutores e ofuscar as luzes e dispositivos refletores dos veículos, colocando em perigo a vida de todos no trânsito.

Para o motociclista

Por fim, os condutores podem sentir muito desconforto ao usar continuamente uma motocicleta que está acima do peso. Dependendo do porte do veículo e da carga, eles não vão conseguir manter a postura correta no assento, sofrendo com inúmeros impactos e pressões. Dessa forma, os motociclistas podem vir a ter complicações na coluna e sofrer de fortes dores.

Como identificar se a moto está transportando muito peso?

Para não infringir a legislação e nem comprometer a segurança das ruas, os motoristas devem ficar atentos a diversos fatores muito importantes. Um deles é a cilindrada, primeiro passo se você quer identificar se a motocicleta está levando uma carga muito grande.

Veja como é fácil analisar essa característica: quanto mais baixa for a cilindrada, menor será o peso máximo que a moto consegue suportar. Um ciclomotor de 50 cilindradas, por exemplo, pode levar cerca de 90 kg. Ou seja, nada de arriscar carregar uma carga muito grande nesse tipo de moto, já que elas não vão aguentar nem mesmo pessoas acima do peso.

Por outro lado, motocicletas de 100 a 150 cilindradas aguentam aproximadamente 166 kg. É por isso que elas são as preferidas de quem trabalha sobre duas rodas, já que tem um baixo consumo de combustível e uma manutenção mais em conta. Mas é claro que nada disso vai adiantar se o peso transportado estiver fora da média.

Não se esqueça de que o peso máximo suportado pelo veículo deve incluir a soma total do peso do condutor, dos acessórios da moto, da carga e de um possível passageiro.

Outro aspecto essencial que deve ser levado em consideração é a distribuição da bagagem extra na motocicleta. Ela deve ser colocada da forma mais nivelada possível, dividida nos dois lados da moto, para diminuir o desequilíbrio ou instabilidade ao longo do trajeto. Caso contrário o peso pode ser deslocado repentinamente, causando um acidente.

Como evitar as falhas mais comuns?

Como você viu até aqui, o excesso de carga nas motos pode interferir e muito no dia a dia dos motociclistas. Para que você não seja pega desprevenido, abaixo você confere algumas dicas para evitar problemas mecânicos caso tenha que carregar uma gordurinha a mais:

  • verifique o manual e as especificações do fabricante sobre qual é o peso de carga suportado pela moto;

  • dirija com atenção e segurança. Se está carregando um peso extra, manter uma velocidade baixa pode ser essencial para garantir a vida útil de peças e equipamentos por mais tempo e reduzir as chances de acidentes;

  • como diz o ditado, descer todo santo ajuda. Já subir um morro com peso na moto pode ser difícil, uma vez que a desenvoltura do veículo estará comprometida. Nesse caso, canja de galinha e atenção redobrada não fazem mal a ninguém;

  • se você carrega peso com frequência (dentro do limite previsto na lei, é claro), a dica é fazer a manutenção da moto com uma frequência maior. Como já falamos anteriormente, o peso desgasta os equipamentos e fazer a revisão vai trazer uma segurança maior para você.

Depois de tudo o que você viu até aqui, deu para perceber que é melhor ter cuidado antes de sair colocando tudo o que quiser no veículo, não é mesmo? Não se esqueça de que quanto mais baixa a cilindrada, menor o peso suportado. Assim, fique atento ao limite de carga permitido para não atingir o excesso de peso em motos.

Se este post foi útil para você, aproveite para seguir nossas redes sociais e ficar por dentro de outras informações importantes para sua motocicleta: estamos no Facebook, YouTube, Instagram, Twitter e Google+!

 

Compartilhar

About Author

Compartilhe sua opinião com a gente, através dos comentários.

Share This